. NOTAS SOBRE ARTE. Jornal do Commercio, Rio de Janeiro, 1 set. 1896, p.2. - Egba

NOTAS SOBRE ARTE. Jornal do Commercio, Rio de Janeiro, 1 set. 1896, p.2.

De Egba

Hoje ao meio-dia inaugura-se, na Escola de Belas Artes, a exposição geral de Belas Artes do corrente ano, com a presença do Sr. Presidente da República.

Ontem ocorreu ali a cerimônia do vernissage, com grande concorrência de senhoras e amadores, que foram sôfregos ver quais as novidades artísticas do ano.

Pelo rápido exame que fizemos, a nossa impressão é que a exposição desse ano é bastante inferior à de 1895, tanto em quantidade, como em qualidade. Se não fossem os retratos dos Srs. Daniel Bérard, Modesto Brocos, Rodolpho Amoêdo e Salgado, belas paisagens dos Srs. Aurélio de Figueiredo e João Baptista, os quadros enviados o passado pelo Srs. Eliseu Visconti e Oscar Pereira da Silva, um pastel do Sr. Henrique Bernardelli, uma pequena cabeça de velha, enviada pelo Sr. Lopes Rodrigues, quatro magníficas aquarelas do Sr. Freidler [sic], e talvez um retrato enviado pelo Sr. Madruga Filho, uma velha lendo uma carta de Mme. Berthe Worms e trabalhos de alguns amadores de merecimento, como o que se assina Annitta, o nível da exposição estaria abaixo do vulgar. O número dos absenteístas, por motivos que não nos compete agora averiguar, foi maior ainda do que o ano passado, e os próprios artistas que em 1895 mandaram trabalhos de fôlego, parece que perderam o entusiasmo e deixaram-se dominar pelo desânimo e limitaram-se a mandar alguns retratos e pequenos quadros, os quais, embora revelando as suas excelentes qualidades artísticas, não está na altura do que se devia esperar do seu talento, principalmente tratando-se de exposição no edifício da Escola de Belas Artes.

Cumpre ponderar, porém, que, apesar dessas circunstâncias que lastimamos e que é de se esperar não se repetirão no ano próximo vindouro, os trabalhos acima citados, sobre os quais falaremos mais de espaço, merece ser vistos e apreciados.


Digitalização e transcrição de Arthur Valle

NOTAS SOBRE ARTE. Jornal do Commercio, Rio de Janeiro, 1 set. 1896, p.2.

Ferramentas pessoais
sites relacionados