. NOTAS DE ARTE. Jornal do Commercio, Rio de Janeiro, 25 set. 1912, p.6. - Egba

NOTAS DE ARTE. Jornal do Commercio, Rio de Janeiro, 25 set. 1912, p.6.

De Egba

EXPOSIÇÃO GERAL DE BELAS ARTES - Terminando hoje as nossas notas sobre o Salão deste ano, digamos alguma coisa sobre a seção de escultura, na qual o Sr. Corrêa Lima, o Sr. Petrus Verdié e o Sr. Pinto do Couto apresentam trabalhos verdadeiramente dignos de nota.

Corrêa Lima tem um projeto de fonte [Imagem] de boa concepção e técnica e que mereceria ser passado para o bronze e erigido em algum dos nossos jardins.

A despesa a fazer-se com isso não seria grande, e a cidade ganharia possuindo mais uma […] obra de arte, da lavra de um artista de merecimento.

Sr. Petrus Verdié expõe cinco trabalhos, todos merecedores de fazer parar o visitante muito tempo.

Já falamos deles em anterior noticia, mas julgamos que não será demais salientar a grande expressão de desalento, de desesperança, de resignação de sofrimento, que emana de todo o conjunto dessa pequena joia de madeira e marfim, que o artista denominou modestamente no catálogo - "Femme au chale".

Outra jóia que merece ser preservada em material menos frágil é o gesso denominado "Étude de mouvement", um delicioso nu de mulher, de linhas finas e airosas, e vibrante de movimento e vida. Quem não gostaria de possuir um exemplar dessa bela obra.

O Sr. Pinto do Couto, o jovem artista português discípulo de Teixeira Lopes, que estabeleceu domicilio entre nós, tem diversos trabalhos dos quais dois são realmente de grande valor. A sua cabeça de negra de extraordinária expressão e modelado meticuloso e o retrato do Sr. A. de S., de muito caráter e técnica larga e sólida.

Nesta seção devemos ainda notar os trabalhos de D. Nicolina Pinto do Couto, e um bom retrato do Sr. Bibiano Silva pelo Sr. Modestino Couto [sic].

Na seção de medalhas, como sempre, o Professor Augusto Girardet tem excelentes trabalhos, que mantém e confirmam a sua reputação de artista emérito; e o seu discípulo Adalberto Mattos expõe numerosos trabalhos, que mostram o seu talento e também ainda a necessidade de não abandonar as lições do mestre.


Digitalização de Mirian Nogueira Seraphim

Transcrição de Andrea Garcia Dias da Cruz

NOTAS DE ARTE. Jornal do Commercio, Rio de Janeiro, 25 set. 1912, p.6.

Ferramentas pessoais
sites relacionados