. EXPOSIÇÃO de arte retrospectiva e contemporânea. O Jornal, Rio de Janeiro, 14 nov. 1922, p. 3. - Egba

EXPOSIÇÃO de arte retrospectiva e contemporânea. O Jornal, Rio de Janeiro, 14 nov. 1922, p. 3.

De Egba

HOMENAGEM AO PRESIDENTE EPITÁCIO PESSOA

Está inaugurada a exposição de arte retrospectiva e contemporânea, comemorativa do centenário da independência .

A esse certame foi anexado o salão anual dos nossos artistas, particularidade que muito contribuiu para o interesse despertado em torno do mesmo.

A cerimônia inaugural teve a presença de muitos artistas, famílias da nossa sociedade e várias altas autoridades. Não podendo comparecer, o presidente Epitácio Pessoa fez-se representar. Antes de serem as galerias franqueadas aos convidados, procedeu-se à inauguração de um busto de s. ex. na sala da congregação, trabalho do escultor patrício professor Corrêa Lima. Por essa ocasião disse, em resumo, o diretor da Escola de Belas Artes, professor Baptista da Costa:

“Sejam as minhas primeiras palavras de agradecimento sincero ao sr. presidente da República e ao seu governo pelo interesse sempre demonstrado por esta casa e pelos beneficio a ela prestados, todos de grande relevância. Começamos hoje a colher os resultados eficazes de tão excelentes benefícios; a Escola está dotada dos melhoramentos de que tanto necessitava e que de há muito se fazia sentir, por indispensáveis conforme as reiteradas solicitações por mim feitas, desde que assumi a direção deste Instituto, função esta que nunca fez parte das cogitações da minha vida artística e que venho exercendo sem que solicitasse tão honroso cargo.

A Escola Nacional de Belas Artes, que, além da direção do ensino artístico, tem o encargo de guardar o nosso único Museu de arte, não podia deixar de participar, destacadamente, da comemoração do Primeiro Centenário da nossa independência política.

Iludem-se os que pensam que, aqui dentro, vivemos unicamente no cumprimento das exigências burocráticas; aqui sempre palpitou a grande preocupação pelo desenvolvimento das artes plásticas em nossa país, trabalho feito sem alarde, mas com perseverança, com convicção de quem coopera realmente para o engrandecimento do nosso querido Brasil.

O sr. presidente Epitácio Pessoa no primeiro ano de seu governo, depois de inaugurar a Exposição Geral de Belas Artes, perguntou-me, ao retirar-me, se a Escola de algo necessitava; respondi a s. ex. declarando que a Escola, precisava de muitos melhoramentos e os artistas careciam de estímulo. Houve s. ex. por bem pedir pormenores informativos, e, em audiência, dias depois marcada, tive ensejo de expor detalhadamente a situação da Escola e as medidas, ao meu ver, necessárias.

Neste mesmo ano, tive a dita de ver atendida uma parte da minha solicitação, pois era votada no Congresso a dotação de 30 contos, para aquisição de obras de artistas nacionais, visando a apresentação de trabalhos que dessem mais realce às exposições anuais, estimulando os artistas em prol de um cunho mais elevado na arte que abraçaram.

Lamento que a marcha dos trabalhos encetados, não tenha tido a presteza necessária, de modo a poder inaugurar esse certame comemorativo do nosso centenário com todas as obras terminadas, para o completo esplendor que eu imaginara dar a esta solenidade.

Mas a obra encetada caminha a bom termo, graças ao carinho com que o governo atendeu ao apelo que fiz em nome dos artistas.

Seja-me permitido, também, mencionar as atenções valiosamente dispensadas pelo grande patriota dr. Alfredo Pinto, quando ministro do Interior, pelo dr. Carlos Maximiliano, sempre interessado pela Escola, pelo saudoso dr. Urbano dos Santos e ao sr. ministro Ferreira Chaves, pelo prestígio que me tem dispensado na administração desta casa.

Atualmente a Escola de Belas Artes possui os seus “ateliers” de pintura, estatuária, escultura de ornatos e arquitetura. perfeitamente instalados; suas galerias estão definitivamente organizadas, livres da perturbação prejudicial que as ameaçava por escassez de espaço, sofrendo o desastre das armações de sarrafo e aniagem, para realização das exposições anuais, até então realizadas, com grande risco, para as riquezas de nossa pinacoteca.

Deve-se ao governo que está a findar na gestão esse grande passo, que aponta melhores e mais rasgados horizontes, para a arte e os artistas no Brasil.

A exposição permanente de obras antigas está Independente das galerias de exposições temporárias; a iluminação diurna e noturna está tanto quanto possível resolvida; algumas correções, naturalmente, há a fazer, o que não foi satisfeito agora, por carência de tempo, devido à demora na entrega das salas, para mais apurado estudo de determinadas condições de luz.

Outro beneficio decorrente é a inteira independência das galerias da exposição e das demais salas da Escola, evitando-se assim, a perturbação dos trabalhos escolares, agora completamente separadas das salas franqueadas ao público.

Ao certame de arte que se vai inaugurar, acresceu o valioso concurso de artistas estrangeiros, principalmente belgas, que, assim, por um requinte de gentileza colaboram na grande comemoração em honra à grande data nacional.

A Escola Nacional de Belas Artes, como prova de reconhecimento aos serviços a ela prestados por s. ex. o presidente Epitácio Pessoa, resolveu, por unânime e significativa vontade expressa em sessão plena da Congregação, colocar em lugar distinto desta casa o busto em bronze de s. ex., obra de um dos seus laureados artistas e sente-se feliz em tornar público seus agradecimentos, com os votos de prosperidade e felicidade a quem tão bem compreendeu, animou e realizou, em proveito das Belas Artes no nosso amado Brasil”.

Foi grande, por toda a tarde, -o movimento nas galerias do palácio das belas artes, que ficarão franqueadas o [sic] publico, todos os dias das 11 às 18 horas e das 20 às 22.


Imagem

Artistas presentes à cerimônia inaugural da exposição do arte retrospectiva e do salão deste ano


Digitalização de Mirian Nogueira Seraphim

Transcrição de Arthur Valle

EXPOSIÇÃO de arte retrospectiva e contemporânea. O Jornal, Rio de Janeiro, 14 nov. 1922, p. 3.

Ferramentas pessoais
sites relacionados