. CHROME, John de. O salão de Belas Artes - Notas comprimidas e irreverentes VI. O Globo, Rio de Janeiro, 23 ago. 1929, p. 1. - Egba

CHROME, John de. O salão de Belas Artes - Notas comprimidas e irreverentes VI. O Globo, Rio de Janeiro, 23 ago. 1929, p. 1.

De Egba

Adalberto Mattos disse a Magalhães Corrêa que o escultor Bertazzon de São Paulo, expõe um “Pensamento” em gesso, mas não pensou como aquela cabeça, sem crânio, pode pensar. Talvez fosse pensamento do autor ficar com o crânio em casa - D. Yayá Castro expõe Luiz Gonzaga, em bronze, empertigado como um recruta à paisana - Adalberto apresenta um forno de padaria para torração do doente desconhecido, com um cobertor por causa do mau tempo - Carlos Chambelland oferece uma beijoca familiar, uma evocação [Imagem] […] branca nuvem e o perfil de um jeca, depois de uma luta de boxe, com pontos falsos no nariz - Francisco Aquarone mostra o valor do contorcionismo atrás da cortina - Gastão Formenti continua a cultivar as pedras d'água ou o Rio das Pedras - D. Adelaide West apresenta curiosa série de cromos para caixas de bombons - Henrique Bernardelli dá-nos ainda um pescador com arrastão de papel rasgado - Manoel Faria não nos mostrou os quadros que o Ariosto reproduziu, há dias, num matutino - Teruz tem uma paisagem com cavalos inchados - Orlando Tarquinio nos mostra um solar de telhado cambaio - Vieira Machado nos dá a planta longitudinal da Pedra do Índio, escala de um por quatrocentos metros. Amanhã tem mais.

JOHN DE CHROME.


Digitalização de Mirian Nogueira Seraphim

Transcrição de Vinícius Moraes de Aguiar

CHROME, John de. O salão de Belas Artes - Notas comprimidas e irreverentes VI. O Globo, Rio de Janeiro, 23 ago. 1929, p. 1.

Ferramentas pessoais
sites relacionados