. CHROME, John de. O salão de Belas Artes - Notas comprimidas e irreverentes. O Globo, Rio de Janeiro, 14 ago. 1929, p. 1. - Egba

CHROME, John de. O salão de Belas Artes - Notas comprimidas e irreverentes. O Globo, Rio de Janeiro, 14 ago. 1929, p. 1.

De Egba

A exposição agrada. Uma só fila de quadros nas paredes de todas as galerias. Para esse efeito o júri rejeitou mais de duzentas obras. Podia recusar muito mais. As de Timotheo da Costa [João Timotheo da Costa], por exemplo, que expõe a miniatura [...] explosão na ilha do Cajú e o retrato de uma das vítimas em estado desesperador. Há muito que ver e apreciar no salão. Vamos aos bocadinhos. Helios Seelinger exibe uma amostra de portal de tintureiro, um carnaval morfético e um cachorro de cavanhaque bancando o bode dentro de uma “maionese”. Oswaldo Teixeira continua a fazer quadros grandes, pensando que são grandes quadros; dele, há uma primavera de pau envernisado [Imagem], estilo Petit, com duas réstias de guardar cebolas na cabeça; dá-nos também um Cristo acrobata [Imagem], com estopa de trem de ferro na cabeça e uma lesão corpórea no lugar em que o vulto nunca foi ferido; dá-nos ainda o modelo de uma casa de modas de 1820, em manequim lustroso. Marques Junior apresenta Carlos Gomes, antes de ser operado da catarata. Amoêdo tem um bandeirante com as barbas do Dr. Arrojado Lisbôa e as pernas numa gaita de foles, entre bonecos de engonço, Raul atirou-se ao óleo, com um teatrinho do gênero João Minhoca, Antonio Parreiras mostra um dia de sol, com um burro trocando as pernas [Imagem]. André Vento e Marques Junior, segundo nos disse Orozio Belém, cultivam juntos o nu furta-cores. Lucilio continua a fazer árvores com estopa, no estilo arranhado. Constantino faz muito bem a louça especial para quem toma chá, nu em pelo. A “trepação”, na roda artística, é continua. Amanhã tem mais.

JOHN DE CHROME.


Digitalização de Mirian Nogueira Seraphim

Transcrição de Vinícius Moraes de Aguiar

CHROME, John de. O salão de Belas Artes - Notas comprimidas e irreverentes. O Globo, Rio de Janeiro, 14 ago. 1929, p. 1.

Ferramentas pessoais
sites relacionados