. Belas Artes. A inauguração oficial do salão de 1924. O Jornal, Rio de Janeiro, 13 ago. 1924, p.3. - Egba

Belas Artes. A inauguração oficial do salão de 1924. O Jornal, Rio de Janeiro, 13 ago. 1924, p.3.

De Egba

Está inaugurada a exposição geral de belas artes. É o salão anual dos nossos artistas. O mundo oficial não compareceu, mas fez-se representar. A indiferença do oficialismo pela nossa evolução artística nestes últimos tempos tem sido completa. Mas isso não impedirá que ela se desenvolva e progrida sob o amparo do publico e daqueles que vivem da arte e pela arte, publico e artistas animados pelo mesmo ideal, por ser comum e superior a fé que os inspira.

O palácio das artes belas burburinhou de visitantes. Os salões ocupados pelos trabalhos que constituem a presente exposição geral, transbordaram de famílias. Digno de ser registrado o interesse manifestado por todos na apreciação desse agradável conjunto, que representa mais um passo na afirmação de uma etapa tão cheia de labor e de dificuldades - a marcha para o triunfo definitivo da arte no nosso país. E essa vitória será um fato positivo dentro em breve, se, como bem disse o professor Baptista da Costa, fora do terreno das competições pessoais, todos os artistas se congregarem para trabalhar por esse alevantado objetivo.

Estiveram presentes à cerimônia inaugural os srs. embaixadores de Portugal e dos Estados Unidos da América do Norte. Vem a propósito registrar que o sr. embaixador Edwin Morgan, muito se tem interessado pelas nossas coisas de arte e pelos nossos artistas, promovendo o envio de telas de pintores brasileiros para o seu país.

A exposição geral de belas artes estará aberta, diariamente, das 11 às 17 e das 19 às 22 horas como nos anos anteriores.


Imagem

A representação oficial na inauguração da exposição deste ano


Digitalização de Mirian Nogueira Seraphim

Transcrição de Andrea Garcia Dias da Cruz

Belas Artes. A inauguração oficial do salão de 1924. O Jornal, Rio de Janeiro, 13 ago. 1924, p.3.

Ferramentas pessoais
sites relacionados