. ARTE contemporânea. A Noite, Rio de Janeiro, 13 nov. 1922, p.1. - Egba

ARTE contemporânea. A Noite, Rio de Janeiro, 13 nov. 1922, p.1.

De Egba

Inaugurou-se oficialmente a exposição da Escola Nacional de Belas Artes

Inaugurou-se esta tarde, no edifício da Escola Nacional de Belas Artes, a exposição comemorativa do Centenário, que teve uma afluência tão grande como jamais se observou em exposições de arte no Rio de Janeiro. Devido a dedicação e atividade do professor Baptista da Costa, que estimulou grande número de expositores de todo país, insistindo pelo consumo de suas obras, a exposição de agora é em verdade um mostruário por onde se pode ter uma ideia de evolução de nossa pintura e escultura e uma noção segura dos nossos destinos artísticos.

Não vamos aqui, nesta simples notícia de inauguração, citar os nomes que mais se distinguem, ou os trabalhos que maior atenção provocaram da numerosa e fina assistência. Por enquanto nos contentamos em assinalar o êxito de inauguração e o muito que para tanto concorreu a atual direção da Escola de Belas Artes, e todos os seus professores.


Digitalização de Mirian Nogueira Seraphim

Transcrição de Arthur Valle

ARTE contemporânea. A Noite, Rio de Janeiro, 13 nov. 1922, p.1.

Ferramentas pessoais
sites relacionados