.
                   

.

.

.

.

.

 .

 

 

.

 Artigos

.
Pavilhão do Brasil na Exposição de Filadélfia (1925): o projeto de Lucio Costa por Samuel S. de Brito

Em 1925, o Brasil foi convidado a participar da Exposição Sesquicentenária de Filadélfia, que comemorou os 150 anos da independência dos Estados Unidos. O governo brasileiro lançou então um concurso para a escolha de seu pavilhão, tendo sido entregues mais de vinte projetos. Analisamos aqui a proposta de Lucio Costa para esse certame, que seguiu um modelo ajustado à tradição colonial brasileira.

.
Racismo e pintura no Brasil: notas para uma discussão sobre cor, a partir da tela A redenção de Cam por Tatiana Lotierzo

O quadro A redenção de Cam tem estado no centro de um debate que une interesses dos estudos sobre arte aos das ciências sociais: referimo-nos ao tema do embranquecimento, que se entrelaça à tela e à sua história. Neste artigo, procuraremos rever as interpretações a respeito da obra, à luz de uma análise combinada entre o contexto de sua produção e as críticas que recebeu em seu tempo. .

A Repercussão das Exposições Individuais de Pintura no Brasil da Década de 1880 por Maria Antonia Couto da Silva

Apesar de sua relevância, as mostras de pintura realizadas em galerias, estúdios fotográficos e outros espaços alternativos no Rio de Janeiro durante a década de 1880 foram objeto de poucos estudos acadêmicos. No presente artigo, analisamos textos de crítica que nos permitem compreender melhor o contexto artístico e as questões ligadas ao emergente mercado de arte da época..

História da Conservação e Restauro em Pelotas, RS: estudo sobre o ateliê criado na década de 1980 pela Universidade Federal de Pelotas para restaurar as obras do artista Leopoldo Gotuzzo por Claudia Fontoura Lacerda e Margarete Regina Freitas Gonçalves

Em 1982, na Universidade Federal de Pelotas, foi criado um ateliê de conservação e restauro que objetivava o restauro da coleção de obras que comporia o acervo do Museu de Arte Leopoldo Gottuzo. Propomos aqui a análise dessa empreitada, recorrendo à pesquisa documental e à realização de entrevistas com pessoas envolvidas na consecução do ateliê e dos trabalhos nele desenvolvidos.. .
.

O caso Lobato x Malfatti: contendas de gênero e estética na década de 1920 no Brasil por Talita Trizoli

Discutida e analisada sob diversos aspectos, muitas vezes até a exaustão, a repercussão do caso envolvendo a pintora Anita Malfatti e o literato e crítico de arte Monteiro Lobato merece há muito tempo uma análise crítica de gênero, a fim de esclarecer possíveis especulações e enganos. No presente trabalho, é justamente esse tipo de análise que procuraremos desenvolver.

,.

Memória de um monumento impossível por Rafael Alves Pinto Junior  

Este texto discute as variáveis envolvidas no projeto do Monumento ao Homem Brasileiro, pensado para ser colocado junto ao edifício do Ministério da Educação e Saúde, atual Palácio Capanema, no Rio de Janeiro. A proposta do monumento era representar uma síntese dos embates relativos à criação de uma identidade nacional, presente nas obras de diversos artistas e arquitetos dos anos 1930. 

.

A Partida de Jacó de Rodolfo Amoedo - um modo de pensar a pintura de temática religiosa não-devocional no século XIX por Clarice Ferreira de Sá

A pintura histórica de temática religiosa foi recorrente durante todo o século XIX e muito valorizada na Academia das Belas Artes do Rio de Janeiro, tanto que vários dos artistas relacionados à instituição envolveram-se na produção de telas com temas bíblicos. Partindo da análise d'A Partida de Jacó de Rodolfo Amoedo, buscaremos aqui investigar essa importante tendência. 
.

Paralelos e dissonâncias: Di Cavalcanti e as concepções artísticas europeias do entre-guerras por Luciana Dilascio Neves

Neste trabalho, analisaremos algumas obras do pintor Emiliano Di Cavalcanti tendo como balizador de nossas discussões o diálogo do brasileiro com algumas das concepções artísticas europeias do entre-guerras. Nossa proposta é, assim, fazer refletir sobre as relações de Di Cavalcanti com produções e artistas que estiveram à frente de uma nova identidade moderna no período em questão. 

Imagens sobre a proclamação da República brasileira no periódico A Ilustração, 1889-1890 por Arthur Valle 

A análise das imagens relativas à proclamação da República no Brasil publicadas no periódico luso-brasileiro A Ilustração constitui um excelente ponto de partida para uma melhor compreensão de como imagens sobre o evento circularam na Europa na passagem de 1889 para 1890, bem como quais  leituras a respeito da República brasileira foram por elas então vinculadas.


 Fontes primárias 

O novo estatuário, de Manuel de Araujo Porto-Alegre organização de Alberto Martín Chillón e Leonardo Lennertz Marcotulio 

.

.

.Página melhor visualizada na resolução de 768 x 1024 dpi
.